Fita elétrica: o que é e para que serve? Quais tipos existem?

O termo “fita elétrica” pode ser usado para descrever dois tipos de componentes usados em instalações, máquinas e circuitos. De um lado, existem as fitas de isolamento e proteção. Do outro, estão as fitas de condução, também chamadas de eletrofitas, desenvolvidas para substituir cabos e fios de esquemas convencionais.

Existem diferenças e até semelhanças entre ambas, apesar de cumprirem propósitos bastante distintos. Neste post, explicamos os principais tipos de fitas elétricas, como são utilizados e o que é importante saber antes de escolher o produto certo para cada situação.

Aproveite a leitura e fique por dentro!

O que são fitas elétricas?

As fitas elétricas, também conhecidas como eletrofitas ou fitas condutoras, são condutores elétricos achatados e dotados de uma superfície adesiva. Podem ser instaladas sobre paredes e superfícies diversas, para realizar conexões e formar circuitos sem a necessidade de furar paredes ou puxar fios nos dutos já instalados.

De modo geral, os produtos surgiram para flexibilizar a criação de pontos elétricos em ambientes variados, domésticos, comerciais ou industriais, fornecendo máxima praticidade.

Já as fitas elétricas de isolamento e proteção são componentes totalmente diferentes. Nesse caso, a película adesiva é fabricada em materiais não-condutivos, que literalmente isolam um circuito. 

Dessa forma, são essenciais para assegurar proteção às ligações elétricas, proporcionar condições adequadas de operação e evitar elementos que podem danificar a rede. Entre os danos protegidos por esse tipo de fita elétrica, podemos citar:

  • substâncias corrosivas;
  • acúmulo de umidade;
  • oxidação;
  • temperaturas elevadas;
  • sistemas de alta tensão;
  • componentes sujeitos à abrasão.

Como funcionam as fitas elétricas?

As fitas elétricas condutoras funcionam para formar circuitos externos e transportar a eletricidade de um ponto a outro, sem o uso de fios, cabos e dutos convencionais. São fabricadas em diferentes configurações de trilhos de material condutor, usualmente o cobre. Quanto mais trilhos na fita elétrica adesiva, mais pontos de luz podem ser conectados.

Contudo, é importante se atentar às especificações de trabalho aceitas pelo condutor. Como qualquer outro circuito ou componente elétrico, as eletrofitas são preparadas para atuar em faixas adequadas de tensão, corrente, temperatura e resistência.

Nesse contexto, as fitas elétricas isolantes são ligeiramente parecidas. Conforme o material de fabricação das películas e os processos de tratamento usados, as condições operacionais adequadas podem variar.

Por exemplo, fitas isolantes de PVC são modelos bastante comuns de uso doméstico. Porém, servem apenas para circuitos de baixa tensão. Assim, para sistemas e componentes de alta voltagem, é necessário buscar películas de isolamento de outros materiais.

Tipos de fitas elétricas: quantos existem e para que servem?

Conforme as informações apresentadas, podemos destacar três tipos principais de fitas adesivas elétricas, cada uma com sua aplicação e utilidade. São elas:

  1. fitas elétricas condutoras;
  2. fitas elétricas isolantes;
  3. fitas elétricas de proteção.

1- Fitas elétricas condutoras (eletrofitas)

As fitas elétricas condutoras são as que conduzem eletricidade e servem para formar circuitos, seja na instalação de tomadas ou novos pontos de luz. São bastante práticas e fáceis de usar, contudo, pecam no quesito segurança. 

Ainda faltam normas técnicas que regulam o uso da fita elétrica adesiva, portanto não é possível garantir um baixo risco de choques, curtos e superaquecimento. 

Em todo caso, deve-se tomar muito cuidado quanto à pressão e tensão mecânica aplicadas ao componente, que pode se romper com relativa facilidade. Além disso, ao contrário do que muitos imaginam, as eletrofitas não dispensam a avaliação de um eletricista autorizado para atestar a qualidade das conexões elétricas.

2- Fitas elétricas isolantes

As fitas elétricas isolantes fazem o contrário das eletrofitas, impedindo a condução de eletricidade. Ou seja, isolam pontos do circuito elétrico, principalmente nos quais há uma ligação de terminais. 

Em outros casos, a fita isolante adesiva pode proteger a conexão elétrica e reduzir a dissipação de energia. Assim, ajuda a manter a temperatura de operação em níveis seguros e impede o desperdício de corrente.

3- Fitas elétricas de proteção

Por fim, podemos citar as fitas elétricas de proteção, as quais são uma variação dos adesivos isolantes. A diferença é que, além de isolar o circuito elétrico, elas o protegem de fatores externos, como altas temperaturas, corrosão, abrasão, oxidação e propagação de chamas.

Geralmente, os itens são desenvolvidos em materiais específicos para cada tipo de trabalho. Por exemplo, para o isolamento de motores, bobinas e similares, recomenda-se o uso de fitas de tecido de fibra de vidro, por suportarem abrasão e altas temperaturas.

Em outro caso, as fitas de tecido de algodão servem para revestir e isolar chicotes elétricos de circuitos automotivos. Nesse caso, além de fixar e vedar as conexões, o componente também é resistente a chamas.

Fitas elétricas Tectape: para que servem?

A Tectape apresenta diferentes tipos de fitas elétricas de isolamento e proteção. Confira os modelos disponíveis:

Fita de poliimida (Kapton)

A fita de poliimida é produzida com filme de kapton e revestida com adesivo de silicone, conferindo ótima aderência, isolamento e propriedades elétricas para circuitos diversos.

É resistente a altas temperaturas, indicada para placas da classe H, de 180 °C. Pode ser usada em geradores, capacitores, motores elétricos, transformadores e no mascaramento de contatos de ouro, para placas de circuito impresso.

Fita de poliéster com adesivo de silicone

A fita elétrica de poliéster com adesivo de silicone oferece resistência elevada a produtos químicos e solventes, além de aguentar altas temperaturas, mantendo a estabilidade dimensional.

É indicada para mascarar peças preparadas para pintura eletrostática, vidros blindados e em emendas de papéis e filmes siliconados. Para facilitar a aplicação, o material aderente foi confeccionado para não deixar resíduo após a remoção.

Fita de poliéster com adesivo de borracha

A fita de poliéster com adesivo de borracha termocurado é indicada para condensadores elétricos, isolamento entre fases de relés, transformadores, motores e bobinas.

Comporta temperaturas da classe B, na faixa de 130 °C, tem resistência a químicos e solventes e apresenta baixo nível de desgaste por abrasão.

Fita de poliéster com adesivo acrílico

A fita elétrica de poliéster com adesivo acrílico termocurado retarda chamas e pode ser usada por componentes de isolação elétrica classe B, de até 130 °C. 

Pode isolar condensadores elétricos, fases de bobinas com camadas intermediárias, fendas, pontos de condensação e barramentos blindados.

Fita isolante de PVC

Fita isolante de PVC resistente a chamas e indicada para circuitos elétricos de até 600V. É perfeita para o dia a dia, aplicável em sistemas de baixa tensão, como no isolamento de cabos e fios, bem como chicotes automotivos.

Fita de tecido de algodão

A fita de tecido de algodão é usada para o enfitamento de chicotes automotivos, além de servir para fixação e vedação em geral. Tem resistência a chamas e adesivo misto, de borracha e resina.

Fita de tecido de fibra de vidro

Para o isolamento de motores, transformadores, relés, bobinas e muitas outras aplicações, a fita elétrica de tecido de fibra de vidro é perfeita para o trabalho. É resistente a altas temperaturas e abrasão, tudo isso sem perder a estabilidade térmica.

Como comprar as fitas elétricas da Tectape?

Interessado nas fitas elétricas Tectape? Então peça já seu orçamento sem compromisso e veja como as nossas soluções personalizadas atendem a sua empresa. Preencha o formulário ou mande mensagem no WhatsApp para entrar em contato com nossa equipe comercial! 

Fita dupla face: quando usar cada tipo?

Você certamente já conhece os múltiplos usos da fita dupla face para fixações e montagens residenciais, certo? O material, no entanto, é ainda mais versátil, sendo muito útil para emendas de embalagens e peças ou para a fixação de telhas e etiquetas nas indústrias.

Quer conhecer mais sobre o produto e entender quando usar cada tipo de fita dupla face disponível no mercado? 

Continue a leitura e entenda tudo! 

Para que serve a fita dupla face?

A fita dupla face foi desenvolvida para oferecer melhor fixação, com um uso bastante prático e adequado a indústrias, residências e comércios em geral. Em sua estrutura, ambos os lados são colantes, aumentando a aderência do material e a durabilidade da aplicação.

É interessante destacar que a fita dupla face serve para colar diversos materiais, tais como: 

  • vidro;
  • espelho;
  • madeira; 
  • tecido;
  • espuma;
  • PVC;
  • e muitos outros. 

A verdade é que, em razão da alta fixação e segurança na colagem de objetos, a fita dupla face vem sendo adotada nas empresas como uma alternativa a materiais como rebites, parafusos e até soldas.

Como resultado, há a redução de custos e a otimização de processos — uma vez que a colagem é rápida e contribui para o aumento da produtividade das linhas de montagem e produção. 

Vantagens de usar fita adesiva dupla face na indústria

Se você ainda tem curiosidade sobre outros benefícios de usar a fita adesiva dupla face, aqui estão mais alguns: 

  1. versatilidade de aplicação;
  2. facilidade de manuseio;
  3. durabilidade da fixação;
  4. resistência a diversas intempéries (como água e poeira);
  5. custos reduzidos em comparação a materiais substitutos. 

Extra: aprenda como armazenar suas caixas de fitas adesivas para prolongar sua vida útil e mantê-las adequadas ao uso! 

Quando usar os diferentes tipos de fita dupla face?

Além das conhecidas fitas dupla face verdes, produzidas com espuma acrílica, há variações do produto com uso recomendado para situações específicas. 

Conheça abaixo mais alguns tipos de material e quando optar por cada um. 

  • Fita Dupla Face de Polipropileno Tectape 601: recomendada para fixação de cartazes e montagens diversas, fixação de carpetes durante a montagem de stands, feiras e eventos. fixação de chapas durante o processo de corte em máquinas Router e fixação de tecido de nylon durante o processo de fabricação de aerogeradores (pás eólicas) para o segmento de energia eólica.
  • Fita Dupla Face de Tecido Não Tecido Tectape 603 e 604: indicadas para emendas de bobinas em sistemas de troca manual e troca automática em processos rotativos, montagem de álbuns fotográficos e fotolivros, fixação de cartazes e montagens diversas.
  • Fita Dupla Face de Tecido Não Tecido Tectape 606: aplicação em fixações diversas na montagem de calçados, emendas de tecidos, bobinas de papel e embalagens flexíveis, adesivação de espuma e peças técnicas, fixação de gaxetas na instalação de telhas, trabalhos escolares e artesanato.
  • Fita Dupla Face de Tecido Não Tecido Tectape 630: uso em emendas de bobinas em sistemas de troca manual e troca automática em processos rotativos, montagem de álbuns fotográficos e fotolivros, fixação de cartazes e montagens diversas, montagem de materiais promocionais e fechamento de envelopes na indústria gráfica.
  • Fita Dupla Face de Tecido Não Tecido Tectape 633: ideal para emendas de bobinas em sistemas de troca manual e troca automática em processos rotativos, montagem de álbuns fotográficos e fotolivros, fixação de cartazes e montagens diversas, montagem de materiais promocionais e fechamento de envelopes na indústria gráfica, principalmente materiais com acabamento em verniz UV ou laminados.
  • Fita Dupla Face de Tecido Não Tecido Tectape 663: recomendada para emendas de bobinas em sistemas de troca manual e troca automática em processos rotativos, montagem de álbuns fotográficos e fotolivros, fixação de cartazes e montagens diversas, montagem de materiais promocionais e fechamento de envelopes na indústria gráfica.

Mais fitas dupla face da Tectape

  • Fita Dupla Face de Espuma de Polietileno Tectape 608: aplicação recomendada na fixação de placas de sinalização,espelhos e canaletas de PVC, utensílios domésticos e suporte;
  • Fita Dupla Face de Papel – Tectape 620: indicada para fixação de cartazes, fixação e montagem de carpetes em stands, feiras e eventos; fixação de clichês em impressoras de caixas de papelão;
  • Fita Dupla Face de Poliéster – Tectape 665: recomendada para fechamento e emendas de banners, montagem de displays promocionais, fixação de placas de sinalização e avisos, montagem de álbuns fotográficos e emendas de bobinas de aço, cobre e alumínio;
  • Fita de Adesivo Transferível – Tectape 967: ideal para adesivação de peças técnicas e espumas, filme de policarbonato e teclado de membrana, etiquetas, rótulos e placas de sinalização, emblemas e componentes automotivos.

Onde comprar fita dupla face de qualidade?

Deu para ver como a fita dupla face é um material altamente versátil e adequado às mais diversas demandas da sua indústria, certo? Nesse sentido, contar com um produto de alta qualidade e com garantia de segurança é fundamental para obter um resultado satisfatório na aplicação. 

A Tectape se preocupa com todos estes aspectos. Por isso, é certificada na norma ISO 9001-2015 e, mais do que fitas adesivas, oferece soluções efetivas para as demandas dos clientes.

São mais de 70 produtos no catálogo, incluindo as fitas dupla face, elétricas, fitas de tecido multiuso e de polipropileno. Todos eles são cuidadosamente desenvolvidos e produzidos com excelência nos polos industriais de Barueri e Manaus, o que garante um rápido atendimento e entrega para o Brasil inteiro.

Encontrou a fita dupla face que melhor se adequa às suas necessidades? Então entre em contato com o nosso time de vendas via WhatsApp!

Aproveite e conheça o novo momento da Tectape, que trilha um novo caminho, mas sem deixar para trás toda a história construída e a relação de longa data com algumas das maiores empresas do Brasil.

Fita crepe: conheça 4 tipos e seus múltiplos usos

Mascaramento de pintura, fixações leves, fechamento de embalagens. Quando falamos que a fita crepe é um dos mais versáteis materiais para as indústrias, nos referimos a estes, que são apenas alguns de seus usos. 

Se você tem dúvidas sobre qual tipo de fita crepe melhor atende às demandas do seu negócio, temos uma boa notícia: neste artigo, vamos falar em detalhes sobre as diferentes possibilidades de aplicação, as especificações das 4 principais variações do produto e dicas de onde comprar o melhor material sem dor de cabeça.

Tudo pronto? Então, continue a leitura! 

Um pouco de história: o surgimento da fita crepe automotiva

A fita crepe automotiva foi a primeira versão lançada deste material, hoje usado para tantas finalidades. O modelo inicial surgiu a partir de uma demanda bastante popular nos Estados Unidos nos anos 20: a de pintar automóveis de duas cores. 

Com a intenção de isolar áreas de pintura sem danificar a superfície do carro, como acontecia com os materiais usados anteriormente (jornal e cola), o engenheiro Richard Drew teve a ideia de usar uma faixa de papel crepado com adesivo à base de borracha nas bordas para fazer o mascaramento. 

Embora revolucionária, a ideia inicial do engenheiro não foi bem-sucedida. A cola apenas nas pontas do material fazia com que a tinta infiltrasse na área central do papel e, ainda assim, manchasse o veículo. Após mais alguns testes, a melhor solução encontrada foi estender a área adesivada para toda a superfície do papel, originando, então, a fita crepe. 

Extra: Quer saber mais sobre o assunto? Leia nosso artigo com curiosidades e histórias sobre as fitas multiuso

Para que serve a fita crepe nos dias de hoje? 

A efetividade e a pluralidade de usos do material expandiram sua aplicação para diversas outras áreas, tornando a fita crepe um item indispensável em residências, indústrias, escolas e comércios.

Hoje em dia, a fita crepe é usada para fixar cartazes e materiais, fechar embalagens, mascarar pinturas em diferentes veículos (incluindo aeronaves e embarcações!) e superfícies (como esquadrias e batentes) e em artesanatos.

A seguir, mostramos, com detalhes, como funcionam algumas destas aplicações.

Fita crepe para pintura: conheça um dos muitos usos do material

Seja no ambiente industrial ou residencial, a fita crepe para pintura de paredes já se consolidou como uma das principais aplicações do produto. 

Quando falamos em pinturas residenciais, o material se mostra especialmente efetivo no isolamento e cobertura de áreas que não devem receber a tinta, como rodapés, janelas e portas. 

Para quem decide investir em pinturas artísticas, geométricas ou mesmo orgânicas, a fita se mostra fundamental para assegurar a definição da área a ser trabalhada sem prejuízo de outras regiões da parede ou superfície. 

Já na indústria, a fita crepe para pintura pode remeter ao seu surgimento histórico, sendo usada no mascaramento de trabalhos automotivos e no acabamento da colorização de eletrodomésticos ou demais tipos de veículos.

Tipos de fita crepe: tamanhos e especificações para explorar

Muito se engana quem acha que toda fita crepe é igual. Existem diferentes tipos de produtos, desenvolvidos para atender a demandas específicas. 

A seguir, você conhece os 4 principais tipos de fita crepe oferecidos pela Tectape. 

1- Fita Crepe para alta temperatura Tectape 230

Produzida em papel crepe revestido de borracha natural, a fita crepe Tectape 230 é ideal para o mascaramento de pinturas em alta temperatura (até 93°C por um período máximo de 30 minutos). É oferecida nos tamanhos 18, 24, 36 e 48 mm de largura.

É recomendada para os processos de fabricação de veículos, aeronaves, embarcações, bem como para o mascaramento de pintura em estufas com luz ultravioleta por até 5 horas.

2- Fita Crepe para alta temperatura Tectape 235

A fita crepe Tectape 235 resiste a temperaturas de até 100 °C pelo período máximo de 30 minutos, sendo recomendada para o mascaramento de pintura em estufas com luz ultravioleta. Disponível nos tamanhos 18, 24, 36 e 48 mm de largura.

3- Fita Crepe Resistência aos raios UV Tectape 240

A fita Tectape 240 está disponível nos tamanhos 18, 24 e 48 mm de largura, contando com um adesivo formulado especialmente para resistir a exposição à luz UV (período máximo de exposição: 7 dias), não deixando resíduo de adesivo após a remoção da fita. 

Pode ser aplicada no mascaramento de pintura imobiliária em ambientes internos com exposição à luz solar, bem como na proteção de batentes de portas, esquadrias de alumínio, azulejos, pisos, granito e vidro em obras.

4- Fita Crepe de uso geral – Tectape 250

Altamente versátil, a Tectape 250 conta com adesivo formulado especialmente para não deixar resíduos após a remoção da fita — desde que aplicada sobre a superfície por no máximo 24 horas e em temperatura ambiente. É encontrada em diferentes tamanhos: 18, 24, 36 e 48 mm de largura.

Seus usos recomendados variam desde o mascaramento de pintura imobiliária, uso em trabalhos escolares e artesanato, fixações leves e embalagens diversas. 

Outros tipos de fitas adesivas: conheça seus usos!

O universo de fitas adesivas é vasto e bastante plural. Por isso mesmo, não é difícil encontrar um produto que tenha sido desenvolvido para otimizar os resultados de fechamento e mascaramento em situações específicas. 

Alguns tipos de fitas adesivas disponíveis no mercado são: 

  • fitas adesivas para embalagens;
  • fitas adesivas elétricas;
  • fitas dupla-face;
  • fitas adesivas industriais.

Conheça os diferentes tipos de fitas adesivas disponíveis na Tectape acessando nosso catálogo de produtos

Antes de seguir em frente, lembre-se: fita adesiva não é tudo igual! Veja, no vídeo abaixo, algumas dicas para escolher o tipo ideal para as suas necessidades:

Onde comprar fita crepe? 

Embora seja um item popular, saber onde comprar uma fita crepe de boa qualidade é fundamental para assegurar a efetividade da aplicação. 

A Tectape é certificada na norma ISO 9001-2015 e, mais do que fitas adesivas, oferece soluções efetivas para as demandas dos clientes.

Cuidadosamente projetados e desenvolvidos, nossos produtos oferecem mais adesão, fácil aplicação, durabilidade, curto tempo de cura, resistência a intempéries e diversas larguras. 

Encontrou aquele que melhor se adequa às suas necessidades? Entre em contato com o nosso time de vendas via WhatsApp para comprar a fita adesiva preferida das indústrias!